Especial: "DisneyNature: Terra" – FATOS SOBRE A PRODUÇÃO

Está em cartaz hoje nos melhores cinemas do Brasil, o documentário “Terra“, primeira produção da nova marca DisneyNature. Para comemorar o Dia do Planeta Terra, o Planeta Disney está fazendo um especial com diversas informações sobre o primeiro documentário dessa nova série Disney, abaixo você vai poder conferir diversos fatos interessantes de como foi a produção desse belissimo documentário. O texto e todas as informações abaixo são da Walt Disney Brasil.

FATOS SOBRE A PRODUÇÃO
• Cinco anos em produção
• Filmado em 200 locações
• 26 países são apresentados na versão final
• 40 equipes especializadas
• 1.000 horas de filmagem
• 250 dias de fotografia aérea

Os Primeiros
• Despertar do urso polar, Kong Karls Land, Noruega
– A BBC foi a primeira a obter permissão de acesso do governo norueguês à região das tocas dos ursos polares – Fazia 25 anos que ninguém havia estado lá.

• Caçada do urso polar no mar de gelo em Svalbard, Noruega
– Usando a tecnologia aérea cineflex, esta foi uma singular e inédita perspectiva dos ursos polares caçando no mar de gelo – isto não pode ser filmado da terra.

• Lobos caçando caribus – Territórios do Noroeste, Canadá
– A primeira caçada completa filmada do alto com tecnologia cineflex.

• Aves do paraíso, Western Highlands, Papua-Nova Guiné
– Os baixos níveis de luz nos quais os pássaros se exibem nas florestas tropicais de Papua-Nova Guiné limitaram os cineastas no passado – a capacidade de baixa iluminação da nova tecnologia de alta definição permitiu que a equipe de Terra (Earth) os filmassem com grande detalhamento.

• A florada da cerejeira e a modificação das folhas
– Não foi utilizada nenhuma tecnologia CGI na filmagem de Terra (Earth) – tudo foi feito com técnicas de compressão time-lapse de última geração

• As primeiras cenas aéreas de alta qualidade filmadas no Himalaia
– Aeronave de reconhecimento do exército nepalês possibilitou essa filmagem

• Acesso único à cadeia de montanhas Karakoram no Paquistão
– A cadeia contém mais picos mais altos do mundo do que qualquer outro lugar do planeta.

• Os Tepuis na Venezuela
– Os platôs das montanhas isoladas que inspiraram Mundo Perdido, de Conan Doyle

• A primeira vez que câmeras de super-alta velocidade foram utilizadas fora do ambiente de um estúdio.
– Terra (Earth) adaptou e ajustou câmeras de super-alta velocidade utilizadas para testes de colisão de veículos e de balística para o trabalho de campo. Essas câmeras deram vida ao ataque do tubarão e à sequência de caçada do guepardo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: