[A Proposta] DESCOBRINDO O ALASCA EM MASSACHUSETTS

Cineastas Levam Produção
para Massachusetts
Texto: Walt Disney Brasil

Exceto pelos dias de cenas externas em Nova York, A Proposta (The Proposal) foi rodado quase que inteiramente no estado de Massachusetts. Os cineastas ficaram satisfeitos de achar ótimas locações no litoral rochoso de Boston, nas cidades de Rockport, Manchester-by-the-Sea e Gloucester, e em Cape Ann − todas necessitando de ajustes relativamente pequenos para se transformarem na pequena cidade de Sitka, no Alasca.

O roteiro dizia que a história se passava em Sitka, porque Pete, o escritor, passou um verão lá e conhecia a cidade bastante bem”, conta o produtor Lieberman. “Eu achei que seria um ótimo cenário que nunca tínhamos visto antes, especialmente em uma comédia.

Embora as locações em Massachusetts fossem extraordinárias, o desenhista de produção Nelson Coates teve muito trabalho. “Anne e eu queríamos dar uma sensação de Alasca como se você estivesse realmente lá, tornando-o evocativo em vez de tentar fazer uma cópia exata”, explica Coates. “Mas, para transformar a cidade de Rockport em Sitka, nós tivemos que lidar com quase 30 fachadas de lojas, com as vitrines decoradas e placas; foi bem extenso. Pareceu mais como se estivéssemos trabalhando em um filme de época no qual você tem que cobrir muitas coisas para dar o estilo do lugar.

Um dos grandes achados dos cineastas foi a magnífica casa na costa em Manchester-by-the-Sea que se tornaria a propriedade dos Paxton. Foram necessários poucos ajustes quanto à decoração do interior da casa, com exceção da compra de artes das primeiras tribos aborígenes do lugar, incluindo totens e a construção de uma área sobre uma enorme piscina que se tornaria o local do casamento de Margaret e Andrew.

Uma das coisas muito especiais sobre aquela parte do mundo, da Columbia Britânica até Panhandle do Alasca, são as primeiras tribos aborígenes”, diz Coates. “No início, Anne e eu falamos sobre incorporar pinturas e entalhes muito específicos porque o personagem de Betty White tinha origem Tlingit.

Mas o interior da casa construída no início do século 20 e destacada por uma decoração viva dos primórdios da América, provou ser desafiante. Usando a planta existente, Coates desenhou novos quartos com madeiras de cores escuras e paredes de pedra com uma lareira que acabou sendo mais semelhante as do noroeste do Pacífico.

Uma das coisas que torna essa área de Massachusetts tão parecida com o Alasca e um ótimo lugar para se filmar é a costa rochosa e a sensação de isolamento que se tem em algumas das casas”, conta Coates. “Uma vez que quase três semanas de filmagem aconteceram na casa dos Paxton, nós precisávamos dar a sensação de que ela ficava numa ilha e esta casa fica em uma península, então nós temos a sensação da água. E por causa da natureza rochosa da costa, temos a sensação de que ela fica em Sitka onde muitas montanhas ficam dentro d’água.” Os cineastas fizeram a ponte entre o exterior de Massachusetts com a Sitka real viajando para o Alasca para capturar a linha de árvores e as montanhas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: