Archive for the ‘Delírios de Consumo de Becky Bloom’ Category

Disney começa anunciar "Os Delírios de Consumo de Becky Bloom" em home vídeo

Abril 20, 2009
A Disney acaba de divulgar a capa norte-americana do Blu-ray de “Os Delírios de Consumo de Becky Bloom“, longa-metragem que chega as lojas no dia 23 de junho em DVD simples, DVD duplo e Blu-Ray. No Brasil, o lançamento do DVD para locação está agendado para chegar dia 08 de Julho, alguns dias após o lançamento nos EUA.

Distribuído nos EUA pela Touchstone Home Entertainment, o DVD simples será lançado nas lojas pelo preço de aproximadamente 30 dólares e o duplo por 33 dólares, já o Blu-ray que chegará com dois discos chega pelo preço de 40 dólares. O filme chega com o àudio em inglês Dolby Digital 5.1 Surround e o formato de tela Anamorphic Widescreen (2.40:1).

Os extras estaram presentes apenas na edição dupla, que traz cenas deletadas, erros de gravação e o videoclipe da canção “Stuck with Each Other” interpretada por Shontelle Featuring Akon. Além disso, o DVD apresenta a digital copy do filme, para os fãs verem o filme também no computador ou em seu iPhone ou iPod. Já o Blu-ray apresenta os mesmos extras do DVD duplo, além de mais dois clipes das canções “Accessory” interpretada por Jordan Taylor e “Takes Time to Love”, por Trey Songz. Além disso, o Blu-ray apresenta os insider peeks: “Armário de Patricia Field”, “Templo de Compras”, “The Green Scarf”, “New York Fashion Central”, “Sample Sale Madness” e “Vitrines do Shopping”.

Em cartaz nos melhores cinemas nacionais, essa divertida comédia Disney apresenta o glamouroso mundo da cidade de Nova York, lugar perfeito para que Rebecca Bloomwood (ISLA FISHER), uma garota adorável, divertida e ótima nas compras, possa realizar seu sonho de trabalhar em sua revista de moda favorita. Seu sonho não da certo, já que ela só consegue chegar à porta da revista, pois ironicamente, consegue apenas um emprego como colunista em uma revista de finanças publicada pela mesma editora. Quando seus sonhos finalmente começam a ser realizados, ela faz um tremendo e hilário esforço para manter o seu passado longe de seu futuro.

Isla Fisher (Penetras Bons de Bico) estrela no filme do produtor Jerry Bruckheimer e do diretor P.J. Hogan (O Casamento do Meu Melhor Amigo). O roteiro de Tracey Jackson, Tim Firth e Kayla Alpert é baseado nos livros “Delírios de Consumo de Becky Bloom” e “Becky Bloom – Delírios de Consumo na 5ª. Avenida”, de Sophie Kinsella.


Disney começa anunciar "Os Delírios de Consumo de Becky Bloom" em home vídeo

Abril 20, 2009
A Disney acaba de divulgar a capa norte-americana do Blu-ray de “Os Delírios de Consumo de Becky Bloom“, longa-metragem que chega as lojas no dia 23 de junho em DVD simples, DVD duplo e Blu-Ray. No Brasil, o lançamento do DVD para locação está agendado para chegar dia 08 de Julho, alguns dias após o lançamento nos EUA.

Distribuído nos EUA pela Touchstone Home Entertainment, o DVD simples será lançado nas lojas pelo preço de aproximadamente 30 dólares e o duplo por 33 dólares, já o Blu-ray que chegará com dois discos chega pelo preço de 40 dólares. O filme chega com o àudio em inglês Dolby Digital 5.1 Surround e o formato de tela Anamorphic Widescreen (2.40:1).

Os extras estaram presentes apenas na edição dupla, que traz cenas deletadas, erros de gravação e o videoclipe da canção “Stuck with Each Other” interpretada por Shontelle Featuring Akon. Além disso, o DVD apresenta a digital copy do filme, para os fãs verem o filme também no computador ou em seu iPhone ou iPod. Já o Blu-ray apresenta os mesmos extras do DVD duplo, além de mais dois clipes das canções “Accessory” interpretada por Jordan Taylor e “Takes Time to Love”, por Trey Songz. Além disso, o Blu-ray apresenta os insider peeks: “Armário de Patricia Field”, “Templo de Compras”, “The Green Scarf”, “New York Fashion Central”, “Sample Sale Madness” e “Vitrines do Shopping”.

Em cartaz nos melhores cinemas nacionais, essa divertida comédia Disney apresenta o glamouroso mundo da cidade de Nova York, lugar perfeito para que Rebecca Bloomwood (ISLA FISHER), uma garota adorável, divertida e ótima nas compras, possa realizar seu sonho de trabalhar em sua revista de moda favorita. Seu sonho não da certo, já que ela só consegue chegar à porta da revista, pois ironicamente, consegue apenas um emprego como colunista em uma revista de finanças publicada pela mesma editora. Quando seus sonhos finalmente começam a ser realizados, ela faz um tremendo e hilário esforço para manter o seu passado longe de seu futuro.

Isla Fisher (Penetras Bons de Bico) estrela no filme do produtor Jerry Bruckheimer e do diretor P.J. Hogan (O Casamento do Meu Melhor Amigo). O roteiro de Tracey Jackson, Tim Firth e Kayla Alpert é baseado nos livros “Delírios de Consumo de Becky Bloom” e “Becky Bloom – Delírios de Consumo na 5ª. Avenida”, de Sophie Kinsella.


Disney começa anunciar "Os Delírios de Consumo de Becky Bloom" em home vídeo

Abril 20, 2009
A Disney acaba de divulgar a capa norte-americana do Blu-ray de “Os Delírios de Consumo de Becky Bloom“, longa-metragem que chega as lojas no dia 23 de junho em DVD simples, DVD duplo e Blu-Ray. No Brasil, o lançamento do DVD para locação está agendado para chegar dia 08 de Julho, alguns dias após o lançamento nos EUA.

Distribuído nos EUA pela Touchstone Home Entertainment, o DVD simples será lançado nas lojas pelo preço de aproximadamente 30 dólares e o duplo por 33 dólares, já o Blu-ray que chegará com dois discos chega pelo preço de 40 dólares. O filme chega com o àudio em inglês Dolby Digital 5.1 Surround e o formato de tela Anamorphic Widescreen (2.40:1).

Os extras estaram presentes apenas na edição dupla, que traz cenas deletadas, erros de gravação e o videoclipe da canção “Stuck with Each Other” interpretada por Shontelle Featuring Akon. Além disso, o DVD apresenta a digital copy do filme, para os fãs verem o filme também no computador ou em seu iPhone ou iPod. Já o Blu-ray apresenta os mesmos extras do DVD duplo, além de mais dois clipes das canções “Accessory” interpretada por Jordan Taylor e “Takes Time to Love”, por Trey Songz. Além disso, o Blu-ray apresenta os insider peeks: “Armário de Patricia Field”, “Templo de Compras”, “The Green Scarf”, “New York Fashion Central”, “Sample Sale Madness” e “Vitrines do Shopping”.

Em cartaz nos melhores cinemas nacionais, essa divertida comédia Disney apresenta o glamouroso mundo da cidade de Nova York, lugar perfeito para que Rebecca Bloomwood (ISLA FISHER), uma garota adorável, divertida e ótima nas compras, possa realizar seu sonho de trabalhar em sua revista de moda favorita. Seu sonho não da certo, já que ela só consegue chegar à porta da revista, pois ironicamente, consegue apenas um emprego como colunista em uma revista de finanças publicada pela mesma editora. Quando seus sonhos finalmente começam a ser realizados, ela faz um tremendo e hilário esforço para manter o seu passado longe de seu futuro.

Isla Fisher (Penetras Bons de Bico) estrela no filme do produtor Jerry Bruckheimer e do diretor P.J. Hogan (O Casamento do Meu Melhor Amigo). O roteiro de Tracey Jackson, Tim Firth e Kayla Alpert é baseado nos livros “Delírios de Consumo de Becky Bloom” e “Becky Bloom – Delírios de Consumo na 5ª. Avenida”, de Sophie Kinsella.


Crítica: Os Delírios de Consumo de Becky Bloom

Abril 12, 2009
A moda das adaptações de livros para as telonas continua forte. Dessa vez a Disney aposta no best seller de Sophie Kinsella, Os Delírios de Consumo de Becky Bloom, que chegou nos cinemas neste fim de semana e promete divertir tanto mulheres quanto homens. Leia a crítica a seguir, que também pode ser vista no nosso parceiro, o Pipoca Combo.

Julgando pelo pôster, muitos podem passar por Os Delírios de Consumo de Becky Bloom achando ser um filme fútil e voltado exclusivamente para o público feminino. Um grande engano, pois o novo longa-metragem da Disney além de apresentar um tema atual, o consumismo exagerado, vai divertir a muitos namorados e amigos que forem acompanhar mulheres ao cinema.

Baseado em dois livros da obra de Sophie Kinsella (Os Delírios de Consumo de Becky Bloom e Becky Bloom: Delírios de Consumo na 5ª), essa comédia romântica apresenta o mundo glamoroso da cidade de Nova York, cenário perfeito onde a jornalista Rebecca Bloomwood, uma garota adorável e divertida, tem seus melhores momentos do dia fazendo muitas compras.

Certo dia ela se vê demitida de seu emprego e descobre que deve mais de 16 mil dólares em seus cartões de crédito, todo dinheiro gasto apenas em roupas e acessórios. Com tal problema, decide partir em busca de um emprego em sua revista de moda favorita, mas só consegue chegar à porta da revista até, ironicamente, conseguir um emprego como colunista em uma revista de finanças publicada pela mesma editora.

Apresentando uma visão totalmente diferente do que vemos nas colunas de finanças, Rebecca se destaca e acaba fazendo sucesso junto aos leitores da revista onde trabalha, apresentando muito mais vida a esse tema e fazendo com que as mulheres como ela passem a se interessar pelo assunto. Tal atitude desperta a atenção de seu editor, Luke Brandon (Hugh Dancy), que acaba acreditando em seu potencial, graças a sua ousadia. Quando tudo parece ir bem, ela volta a ter problemas, quando se vê forçada a fugir de um neurótico cobrador de dividas que começa persegui lá. Além disso, Rebecca nunca deixa de lado seu desejo compulsivo de compras.

A franquia de livros é um fenômeno internacional e conquistou diversos leitores devotos no mundo inteiro, que se identificam com a personagem, vivida no filme pela atriz Isla Fisher (Penetras Bons de Bico e Três Vezes Amor), que vai confundir a cabeça de muitas pessoas que podem achar ser Amy Adams, a protagonista de Encantada, que também viveu recentemente uma heroína ruiva do estúdio.

Não é apenas a aparência de Isla Fisher que faz o público confundi-la com Amy. No filme ,ela conquista logo na primeira cena em que aparece e estabelecendo uma identificação do público com ela ou, no mínimo, remetendo a memória a algum conhecido com o mesmo perfil. Afinal, de certo modo, todos são um pouco compulsivos às vezes.

O longa estreia num importante momento da atualidade, principalmente na vida dos norte-americanos, que vem vivendo todos os problemas da crise financeira e poderão com mais facilidade se identificar com a personagem, que acredita que comprar seja o melhor a se fazer para se sentir bem e feliz. Vale destacar que as melhores cenas são as de Rebeca mostrando seu lado compulsivo por compras, com direito a verdadeiras loucuras para se conseguir aquela bota ou luva que está em liquidação. Tudo sem cair na gozação, um acerto do longa.

Um ponto forte no filme são os figurinos. Há, evidentemente, alguma similaridade com O Diabo Veste Prada; previsível, pois a já consagrada figurinista Patricia Field foi responsável também pela criação do visual colorido e chamativo de Rebecca Bloomwood.

Os Delírios de Consumo de Becky Bloom é uma divertida comédia romântica que vai chamar mais atenção das mulheres por mostrar um pouco do universo feminino, mas em nenhum momento é um filme exclusivo para elas, se destacando como um divertido romance que tem o dedo do australiano P.J. Hogan, que surpreende a todos novamente dirigindo mais um filme que irá se destacar dentro do gênero, como aconteceu com O Casamento do Meu Melhor Amigo.

Crítica: Os Delírios de Consumo de Becky Bloom

Abril 12, 2009
A moda das adaptações de livros para as telonas continua forte. Dessa vez a Disney aposta no best seller de Sophie Kinsella, Os Delírios de Consumo de Becky Bloom, que chegou nos cinemas neste fim de semana e promete divertir tanto mulheres quanto homens. Leia a crítica a seguir, que também pode ser vista no nosso parceiro, o Pipoca Combo.

Julgando pelo pôster, muitos podem passar por Os Delírios de Consumo de Becky Bloom achando ser um filme fútil e voltado exclusivamente para o público feminino. Um grande engano, pois o novo longa-metragem da Disney além de apresentar um tema atual, o consumismo exagerado, vai divertir a muitos namorados e amigos que forem acompanhar mulheres ao cinema.

Baseado em dois livros da obra de Sophie Kinsella (Os Delírios de Consumo de Becky Bloom e Becky Bloom: Delírios de Consumo na 5ª), essa comédia romântica apresenta o mundo glamoroso da cidade de Nova York, cenário perfeito onde a jornalista Rebecca Bloomwood, uma garota adorável e divertida, tem seus melhores momentos do dia fazendo muitas compras.

Certo dia ela se vê demitida de seu emprego e descobre que deve mais de 16 mil dólares em seus cartões de crédito, todo dinheiro gasto apenas em roupas e acessórios. Com tal problema, decide partir em busca de um emprego em sua revista de moda favorita, mas só consegue chegar à porta da revista até, ironicamente, conseguir um emprego como colunista em uma revista de finanças publicada pela mesma editora.

Apresentando uma visão totalmente diferente do que vemos nas colunas de finanças, Rebecca se destaca e acaba fazendo sucesso junto aos leitores da revista onde trabalha, apresentando muito mais vida a esse tema e fazendo com que as mulheres como ela passem a se interessar pelo assunto. Tal atitude desperta a atenção de seu editor, Luke Brandon (Hugh Dancy), que acaba acreditando em seu potencial, graças a sua ousadia. Quando tudo parece ir bem, ela volta a ter problemas, quando se vê forçada a fugir de um neurótico cobrador de dividas que começa persegui lá. Além disso, Rebecca nunca deixa de lado seu desejo compulsivo de compras.

A franquia de livros é um fenômeno internacional e conquistou diversos leitores devotos no mundo inteiro, que se identificam com a personagem, vivida no filme pela atriz Isla Fisher (Penetras Bons de Bico e Três Vezes Amor), que vai confundir a cabeça de muitas pessoas que podem achar ser Amy Adams, a protagonista de Encantada, que também viveu recentemente uma heroína ruiva do estúdio.

Não é apenas a aparência de Isla Fisher que faz o público confundi-la com Amy. No filme ,ela conquista logo na primeira cena em que aparece e estabelecendo uma identificação do público com ela ou, no mínimo, remetendo a memória a algum conhecido com o mesmo perfil. Afinal, de certo modo, todos são um pouco compulsivos às vezes.

O longa estreia num importante momento da atualidade, principalmente na vida dos norte-americanos, que vem vivendo todos os problemas da crise financeira e poderão com mais facilidade se identificar com a personagem, que acredita que comprar seja o melhor a se fazer para se sentir bem e feliz. Vale destacar que as melhores cenas são as de Rebeca mostrando seu lado compulsivo por compras, com direito a verdadeiras loucuras para se conseguir aquela bota ou luva que está em liquidação. Tudo sem cair na gozação, um acerto do longa.

Um ponto forte no filme são os figurinos. Há, evidentemente, alguma similaridade com O Diabo Veste Prada; previsível, pois a já consagrada figurinista Patricia Field foi responsável também pela criação do visual colorido e chamativo de Rebecca Bloomwood.

Os Delírios de Consumo de Becky Bloom é uma divertida comédia romântica que vai chamar mais atenção das mulheres por mostrar um pouco do universo feminino, mas em nenhum momento é um filme exclusivo para elas, se destacando como um divertido romance que tem o dedo do australiano P.J. Hogan, que surpreende a todos novamente dirigindo mais um filme que irá se destacar dentro do gênero, como aconteceu com O Casamento do Meu Melhor Amigo.

Crítica: Os Delírios de Consumo de Becky Bloom

Abril 12, 2009
A moda das adaptações de livros para as telonas continua forte. Dessa vez a Disney aposta no best seller de Sophie Kinsella, Os Delírios de Consumo de Becky Bloom, que chegou nos cinemas neste fim de semana e promete divertir tanto mulheres quanto homens. Leia a crítica a seguir, que também pode ser vista no nosso parceiro, o Pipoca Combo.

Julgando pelo pôster, muitos podem passar por Os Delírios de Consumo de Becky Bloom achando ser um filme fútil e voltado exclusivamente para o público feminino. Um grande engano, pois o novo longa-metragem da Disney além de apresentar um tema atual, o consumismo exagerado, vai divertir a muitos namorados e amigos que forem acompanhar mulheres ao cinema.

Baseado em dois livros da obra de Sophie Kinsella (Os Delírios de Consumo de Becky Bloom e Becky Bloom: Delírios de Consumo na 5ª), essa comédia romântica apresenta o mundo glamoroso da cidade de Nova York, cenário perfeito onde a jornalista Rebecca Bloomwood, uma garota adorável e divertida, tem seus melhores momentos do dia fazendo muitas compras.

Certo dia ela se vê demitida de seu emprego e descobre que deve mais de 16 mil dólares em seus cartões de crédito, todo dinheiro gasto apenas em roupas e acessórios. Com tal problema, decide partir em busca de um emprego em sua revista de moda favorita, mas só consegue chegar à porta da revista até, ironicamente, conseguir um emprego como colunista em uma revista de finanças publicada pela mesma editora.

Apresentando uma visão totalmente diferente do que vemos nas colunas de finanças, Rebecca se destaca e acaba fazendo sucesso junto aos leitores da revista onde trabalha, apresentando muito mais vida a esse tema e fazendo com que as mulheres como ela passem a se interessar pelo assunto. Tal atitude desperta a atenção de seu editor, Luke Brandon (Hugh Dancy), que acaba acreditando em seu potencial, graças a sua ousadia. Quando tudo parece ir bem, ela volta a ter problemas, quando se vê forçada a fugir de um neurótico cobrador de dividas que começa persegui lá. Além disso, Rebecca nunca deixa de lado seu desejo compulsivo de compras.

A franquia de livros é um fenômeno internacional e conquistou diversos leitores devotos no mundo inteiro, que se identificam com a personagem, vivida no filme pela atriz Isla Fisher (Penetras Bons de Bico e Três Vezes Amor), que vai confundir a cabeça de muitas pessoas que podem achar ser Amy Adams, a protagonista de Encantada, que também viveu recentemente uma heroína ruiva do estúdio.

Não é apenas a aparência de Isla Fisher que faz o público confundi-la com Amy. No filme ,ela conquista logo na primeira cena em que aparece e estabelecendo uma identificação do público com ela ou, no mínimo, remetendo a memória a algum conhecido com o mesmo perfil. Afinal, de certo modo, todos são um pouco compulsivos às vezes.

O longa estreia num importante momento da atualidade, principalmente na vida dos norte-americanos, que vem vivendo todos os problemas da crise financeira e poderão com mais facilidade se identificar com a personagem, que acredita que comprar seja o melhor a se fazer para se sentir bem e feliz. Vale destacar que as melhores cenas são as de Rebeca mostrando seu lado compulsivo por compras, com direito a verdadeiras loucuras para se conseguir aquela bota ou luva que está em liquidação. Tudo sem cair na gozação, um acerto do longa.

Um ponto forte no filme são os figurinos. Há, evidentemente, alguma similaridade com O Diabo Veste Prada; previsível, pois a já consagrada figurinista Patricia Field foi responsável também pela criação do visual colorido e chamativo de Rebecca Bloomwood.

Os Delírios de Consumo de Becky Bloom é uma divertida comédia romântica que vai chamar mais atenção das mulheres por mostrar um pouco do universo feminino, mas em nenhum momento é um filme exclusivo para elas, se destacando como um divertido romance que tem o dedo do australiano P.J. Hogan, que surpreende a todos novamente dirigindo mais um filme que irá se destacar dentro do gênero, como aconteceu com O Casamento do Meu Melhor Amigo.

Conheça o livro que deu origem ao filme "Os Delírios de Consumo de Becky Bloom"

Abril 10, 2009
O novo longa-metragem dos estúdios Disney, “Os Delírios de Consumo de Becky Bloom“, é baseado no romance da inglesa Sophie Kinsella e com o lançamento do filme nos cinemas, acaba de ganhar destaque nas melhores livrarias.

O primeiro livro tem 432 páginas e conta a história de uma jornalista financeira que durante o dia, ensina às pessoas como administrar seu dinheiro e no fim-de-semana, transforma-se em uma consumidora compulsiva, fugindo do gerente do seu banco e com muitas dívidas. Rebecca Bloom não resiste uma liquidação! Quanto mais inútil, melhor! Para ela, o mundo todo enxerga os detalhes da alça de seu sutiã, combinando com as cores de seus sapatos. Mas seu salário nunca é suficiente para pagar suas extravagâncias. Endividada até a alma, Rebecca, ou Becky, vive fugindo do seu gerente de banco e procurando fórmulas mirabolantes para pagar a fatura do cartão de crédito.

Ao ler, muitas pessoas podem se identificar, pois para Rebecca, comprar é quase uma terapia, a resposta para todos os problemas, mesmo criando outros piores ainda. Entre eles, inventar a próxima desculpa para o gerente do banco: – “Meu pé quebrou! Você não recebeu meu cheque? Meu cachorro morreu!“, são alguns dos argumentos usados por Becky para enrolar seu gerente Derek Smeath.

Mas a personagem de Sophie Kinsella não é apenas uma ‘material girl’ que só pensa em dinheiro e futilidades. Rebecca é sensível, carinhosa e extremamente otimista. Com essas qualidades, ela vai fazer de tudo para resolver seu problema. Primeiro, tenta reduzir seus gastos a zero, o que logicamente, não funciona. Diante disso, ela resolve que precisa ganhar mais dinheiro, mesmo sabendo que seu emprego está ameaçado. Nos delírios de consumo de Becky, todos os seus problemas se resolveriam de imediato ao ganhar na loteria, ou se um completo estranho pagasse sua conta do Visa — por engano, claro.

Como se não bastasse, em meio a tanta confusão, Becky ainda arruma tempo para se apaixonar pelo sedutor — e expert em finanças — Luke Brandon. Os Delírios de Consumo de Becky Bloom é um divertido romance, que retrata com perfeição grande parte das mulheres que conhecemos.

A inglesa Sophie Kinsella é escritora e ex-jornalista de economia, com especialização na área financeira. É extremamente cuidadosa com seu dinheiro e raramente é vista fazendo compras fora de liqüidações. Sophie tem um excelente relacionamento com o gerente de seu banco.

Em breve, o Planeta Disney traz mais novidades sobre a série de livros. Amanhã você confere a crítica do longa-metragem e muitas outras novidades Disney.

Conheça o livro que deu origem ao filme "Os Delírios de Consumo de Becky Bloom"

Abril 10, 2009
O novo longa-metragem dos estúdios Disney, “Os Delírios de Consumo de Becky Bloom“, é baseado no romance da inglesa Sophie Kinsella e com o lançamento do filme nos cinemas, acaba de ganhar destaque nas melhores livrarias.

O primeiro livro tem 432 páginas e conta a história de uma jornalista financeira que durante o dia, ensina às pessoas como administrar seu dinheiro e no fim-de-semana, transforma-se em uma consumidora compulsiva, fugindo do gerente do seu banco e com muitas dívidas. Rebecca Bloom não resiste uma liquidação! Quanto mais inútil, melhor! Para ela, o mundo todo enxerga os detalhes da alça de seu sutiã, combinando com as cores de seus sapatos. Mas seu salário nunca é suficiente para pagar suas extravagâncias. Endividada até a alma, Rebecca, ou Becky, vive fugindo do seu gerente de banco e procurando fórmulas mirabolantes para pagar a fatura do cartão de crédito.

Ao ler, muitas pessoas podem se identificar, pois para Rebecca, comprar é quase uma terapia, a resposta para todos os problemas, mesmo criando outros piores ainda. Entre eles, inventar a próxima desculpa para o gerente do banco: – “Meu pé quebrou! Você não recebeu meu cheque? Meu cachorro morreu!“, são alguns dos argumentos usados por Becky para enrolar seu gerente Derek Smeath.

Mas a personagem de Sophie Kinsella não é apenas uma ‘material girl’ que só pensa em dinheiro e futilidades. Rebecca é sensível, carinhosa e extremamente otimista. Com essas qualidades, ela vai fazer de tudo para resolver seu problema. Primeiro, tenta reduzir seus gastos a zero, o que logicamente, não funciona. Diante disso, ela resolve que precisa ganhar mais dinheiro, mesmo sabendo que seu emprego está ameaçado. Nos delírios de consumo de Becky, todos os seus problemas se resolveriam de imediato ao ganhar na loteria, ou se um completo estranho pagasse sua conta do Visa — por engano, claro.

Como se não bastasse, em meio a tanta confusão, Becky ainda arruma tempo para se apaixonar pelo sedutor — e expert em finanças — Luke Brandon. Os Delírios de Consumo de Becky Bloom é um divertido romance, que retrata com perfeição grande parte das mulheres que conhecemos.

A inglesa Sophie Kinsella é escritora e ex-jornalista de economia, com especialização na área financeira. É extremamente cuidadosa com seu dinheiro e raramente é vista fazendo compras fora de liqüidações. Sophie tem um excelente relacionamento com o gerente de seu banco.

Em breve, o Planeta Disney traz mais novidades sobre a série de livros. Amanhã você confere a crítica do longa-metragem e muitas outras novidades Disney.

Estréia hoje nos cinemas "Delírios de Consumo de Becky Bloom"

Abril 9, 2009
A Disney Brasil adiantou em um dia a estréia de Delírios de Consumo de Becky Bloom” (Confessions of a Shopaholic), e o longa distribuído nos Estados Unidos pela Touchstone, chega hoje nos melhores cinemas de todo o Brasil.

Confira abaixo algumas informações sobre o lançamento e durante todo o dia de hoje, o Planeta Disney traz novidades sobre o filme. Fique de olho.

SINOPSE OFICIAL: No glamouroso mundo da cidade de Nova York, Rebecca Bloomwood (ISLA FISHER) é uma garota adorável, divertida e ótima nas compras — ótima demais, na verdade. Seu sonho é trabalhar em sua revista de moda favorita, mas ela só consegue chegar à porta da revista — até, ironicamente, conseguir um emprego como colunista em uma revista de finanças publicada pela mesma editora. Quando seus sonhos finalmente começam a ser realizados, ela faz um tremendo e hilário esforço para manter o seu passado longe de seu futuro.

Isla Fisher (Penetras Bons de Bico) estrela no filme do produtor Jerry Bruckheimer e do diretor P.J. Hogan (O Casamento do Meu Melhor Amigo). O roteiro de Tracey Jackson, Tim Firth e Kayla Alpert é baseado nos livros “Delírios de Consumo de Becky Bloom” e “Becky Bloom – Delírios de Consumo na 5ª. Avenida”, de Sophie Kinsella.

FICHA TÉCNICA
Elenco: Isla Fisher, Hugh Dancy, Joan Cusack, John Goodman, John Lithgow, Kristin Scott Thomas, Leslie Bibb, Fred Armisen, Julie Hagerty, Krysten Ritter, Robert Stanton, Christine Ebersole, Clea Lewis, Wendie Malick, Stephanie March
Diretor: P.J. Hogan
Produtor: Jerry Bruckheimer
Produtores Executivos: Mike Stenson, Chad Oman, Ronald Bozman
Roteiro de: Tracey Jackson e Tim Firth e Kayla Alpert, baseado nos livros “Delírios de Consumo de Becky Bloom” e “Becky Bloom – Delírios de Consumo na 5a. Avenida” de Sophie Kinsella

NOTAS:
• A consagrada figurinista Patricia Field foi responsável pelo visual colorido de Rebecca Bloomwood, interpretada por Isla Fisher. Indicada ao prêmio da Academia® por O Diabo Veste Prada, Field foi seis vezes indicada ao prêmio Emmy®, incluindo cinco por Sex and the City. Ela ganhou o Emmy pela temporada de 2002 do famoso seriado.

• A série de livros “Delírios de Consumo”, de Sophie Kinsella, vendeu mais de 15 milhões de livros em todo o mundo.


TRAILER OFICIAL

Link: http://videolog.uol.com.br/video.php?id=408058

Estréia hoje nos cinemas "Delírios de Consumo de Becky Bloom"

Abril 9, 2009
A Disney Brasil adiantou em um dia a estréia de Delírios de Consumo de Becky Bloom” (Confessions of a Shopaholic), e o longa distribuído nos Estados Unidos pela Touchstone, chega hoje nos melhores cinemas de todo o Brasil.

Confira abaixo algumas informações sobre o lançamento e durante todo o dia de hoje, o Planeta Disney traz novidades sobre o filme. Fique de olho.

SINOPSE OFICIAL: No glamouroso mundo da cidade de Nova York, Rebecca Bloomwood (ISLA FISHER) é uma garota adorável, divertida e ótima nas compras — ótima demais, na verdade. Seu sonho é trabalhar em sua revista de moda favorita, mas ela só consegue chegar à porta da revista — até, ironicamente, conseguir um emprego como colunista em uma revista de finanças publicada pela mesma editora. Quando seus sonhos finalmente começam a ser realizados, ela faz um tremendo e hilário esforço para manter o seu passado longe de seu futuro.

Isla Fisher (Penetras Bons de Bico) estrela no filme do produtor Jerry Bruckheimer e do diretor P.J. Hogan (O Casamento do Meu Melhor Amigo). O roteiro de Tracey Jackson, Tim Firth e Kayla Alpert é baseado nos livros “Delírios de Consumo de Becky Bloom” e “Becky Bloom – Delírios de Consumo na 5ª. Avenida”, de Sophie Kinsella.

FICHA TÉCNICA
Elenco: Isla Fisher, Hugh Dancy, Joan Cusack, John Goodman, John Lithgow, Kristin Scott Thomas, Leslie Bibb, Fred Armisen, Julie Hagerty, Krysten Ritter, Robert Stanton, Christine Ebersole, Clea Lewis, Wendie Malick, Stephanie March
Diretor: P.J. Hogan
Produtor: Jerry Bruckheimer
Produtores Executivos: Mike Stenson, Chad Oman, Ronald Bozman
Roteiro de: Tracey Jackson e Tim Firth e Kayla Alpert, baseado nos livros “Delírios de Consumo de Becky Bloom” e “Becky Bloom – Delírios de Consumo na 5a. Avenida” de Sophie Kinsella

NOTAS:
• A consagrada figurinista Patricia Field foi responsável pelo visual colorido de Rebecca Bloomwood, interpretada por Isla Fisher. Indicada ao prêmio da Academia® por O Diabo Veste Prada, Field foi seis vezes indicada ao prêmio Emmy®, incluindo cinco por Sex and the City. Ela ganhou o Emmy pela temporada de 2002 do famoso seriado.

• A série de livros “Delírios de Consumo”, de Sophie Kinsella, vendeu mais de 15 milhões de livros em todo o mundo.


TRAILER OFICIAL

Link: http://videolog.uol.com.br/video.php?id=408058